terça-feira, 2 de março de 2010

Eu sei



O pensamento foge,

A fuga morre na tentativa.

A tentativa...

De declarar guerra ao conforto,

A comodidade...

Improdutiva.

Um miserável palavreando coragens

Que fogem ao que se é.

Os sentimentos cauterizados em nome da preguiça,

Preguiça de viver! De existir...

Louvada praga de mortos vivos

Que da cegueira extraem conclusões baratas:

A fé como desculpa esfarrapada.

Vangloriando-se da insensatez

Triunfa o ser inteligente:

Que da vida nada entende.

“junte um punhado de barro

Acrescente loucura e vaidade, feito está o homem.”

Mas o que é ser HOMEM?



Ana Patrícia Oliveira Peixoto

7 comentários:

Pasárgada disse...

já ouviu falar em "O homem é o lobo do homem", né?

Suas palavras parecem cheias de sentimento! :)
beijo!
Ingrid Brasilino

Rodrigo disse...

O que é ser o homem? boa pergunta mas você mesmo respondeu. É fazer loucuras e depois dizer que é por uma boa causa.

Marquinhos Portugal disse...

O que seria do mundo sem a poesia?

Bom, estou aqui pra agradecer sua visitinha ao meu humilde blog, o Bola de Bigode. Por falar nisso, como você o encontrou?

Abaços e fique à vontade pra outras visitas.

galinacio disse...

homem = autodestruição...ainda bem que morrer é a melhor herança....abraço

Yukari disse...

Amiga ¬¬'
Atualiza aqui, voce sabe que gosto de ler o que escreves :*

MR disse...

Homem?! serzinho cheio de si mesmo, cheio de pompas...
E ainda não entendeu que precisa mais das coisas do que as coisas dele!

F. disse...

O pensamento é estar sempre de paso, de paso , de paso.

Quem sou eu

Minha foto
Não há respostas exatas para definir seres relativos \o/